sábado, 13 de fevereiro de 2010

Parentescos

Não adianta chorar pela palavra derramada

Ela é filha do tempo

Neta da coragem

Prima-irmã dos desentendimentos

E há muito compartilha com a verdade a certeza de não pertencer a ninguém