quinta-feira, 7 de abril de 2011

Falanges


imagem via pauloanomal.blogspot.com


A mão que bate a siririca

É a mesma que lava a hortaliça

E que morre de preguiça

De abrir garrafas

Tirar farpas

E dar pistas

2 comentários:

ciça ojuara disse...

Muito bom!

BY POE disse...

poliana vc tá cada vez "pior" !!!hauhsauhaa