segunda-feira, 12 de julho de 2010

Fair Play


Exposto à alegria extrema, o menino, impulsivo, beijou

Por protocolo de fachada, a namorada, profissional, fingiu que não gostou

Blasé como toda sortuda

À noite fica sem defesa

Sem zaga

Suada

E muda

Levando gol atrás de gol

De trivela

Letra

Lençol

E placa

Criando memória pelos ares

Maquiagem em hematoma

Testemunhas osculares

E fetiche de sintoma

6 comentários:

M. disse...

ele é de longe o cara mais cobiçado do mundo nessa segunda-feira.

Samuel. disse...

Poliana, sou seu fã!

o que é semiótica? disse...

bláse total...rsrs..poli a musa equatoriana merece um post da flor tb, muito peito aquela ali hein!!! alias soccer city trouxe muitos ensinamentos pro polvo né!

rodrigo de roure disse...

tb sou seu fã, poliana! fã, fá, ré, mi, sol...! :P

Tchello Melo ou Marciano Macieira ou Tchellonious disse...

Curtchi, sobretudo testemunhas osculares.

Abreijos!

Juju disse...

"Levando gol atrás de gol"de um bofe como esse deve ser TUDA!