segunda-feira, 1 de junho de 2009

A hora do recreio

-Acho que isso não é motivo pra você ficar insegura.
-Sei lá, cara...
-Ele já não tinha te contado que de vez em quando se encontra com ela?
-Tinha.
-Então, ele tá sendo honesto, o que é um ótimo sinal.
-É, ele inclusive disse isso ontem, que preferia dizer a verdade a inventar uma desculpa esfarrapada.
-Então, baby, tá tudo certo.
-Pô, o cara desmarcar uma saída comigo pra ver a ex num sábado à noite não é um acontecimento fantástico também, vai...
-Lógico que não! É super chato, mas você também tem que entender que ele se separou há pouco tempo e que é normal ficar essa dependência mútua depois que uma relação acaba.
-Mas foi ela que quis se separar! Ele tentou de tudo preles continuarem juntos, mas ela foi irredutível.
-Sei. Só que agora, como tem outra no pedaço, é natural que ela queira marcar território, né, belona...
-Isso é caído...
-Super caído, mas, numa boa, quem de nós nunca fez isso?
-Eu não!
-Hahahahahahahaha.
-Qual a graça?
-Esqueceu que você ligava pro Icaro sempre que tava no bar com as amigas tomando umas?
-Mas aí era diferente!
-Diferente como?
-Ah, eu tinha saudade, queria saber se ele tava bem, afinal, fui eu que acabei o namoro, de forma muito repentina.
-...
-Mas nunca pedi pra ele desmarcar um saída com a namorada nova pra vir me ver!
-Tá, não pedia isso, mas, cá pra nós, ligar pro cara sábado de madrugada de pilequinho é marcação de território também...
-...
-É ou não é?
-Bosta!
-Amiga, o que eu tô querendo te dizer é que posse faz parte. Normal a ex querer dar uma mijada no poste, mesmo tendo sido ela quem terminou. Você já fez isso, eu já fiz isso e, vamos combinar, não chega a ser um pecado capital.
-Mas incomoda.
-Sim, incomoda, ninguém tá dizendo que é gostoso, mas, você, como a bucetinha da vez, tem que ser superior. Afinal, quem é a bem-comida dessa história?
-...
-Ele não pode perceber que você fica chateada com isso, neguinha. Pensa bem, o cara acabou de se separar, a última coisa que ele quer agora é uma namorada neurótica!
-Tá, vou fingir que tá tudo bem, mas quando ele me chamar pra sair de novo, eu vou dizer que não posso.
-Vai fazer joguinho, que nem na sétima série?
-Não é joguinho, é equilíbrio de forças!
-Você tem que levar a coisa naturalmente. Se quando ele te ligar você já tiver marcado alguma coisa com suas amigas, não precisa desmarcar, é só dizer que não pode. Ele vai entender. Mas aí, pra facilitar, diga o dia que você estará disponível, pra já agendar logo alguma coisa. Baby, homem recém-separado fica um tempo em período de carência...
-Hahahahahaha.
-Serinho. Quando você muda de plano de saúde não fica um tempo sem poder tratar determinadas enfermidades, nem fazer determinadas cirurgias, por conta do prazo de carência?
-Fica...
-Então, com o bofe é a mesma coisa: nada de operações de risco nem de exames invasivos, pelo menos nos primeiros seis meses!
-Caraca, amiga, só você pra me fazer rir...
-Claro! Você tá cheia de motivo pra rir! Ele é o primeiro cara legal que você namora em muito tempo. Vai dar bobeira só por que ele tem ex-mulher? Queria o quê? Um virgem?
-É, você tá certa.
-Ainda mais que o aniversário dele tá chegando...
-Ai, não sei o que dar, pensei em gravar um CD.
-Ah, não!
-Por que não?
-Pelamordedeus, filha, tem que ser menos óbvia!
-Não sei o que dar...
-Que tal uma foto sua nua?
-Hahahahahahahaha.
-Te garanto que ele vai bater várias em sua homenagem durante a semana.
-Sei lá, a gente só transou uma vez e não foi assim uma Brastemp...
-Normal, né, primeira vez é um saco. Aliás, a gente devia poder pular a primeira vez e ir direto pra quinta, que aí é que a coisa engata.
-É...
-Olha, eu tô falando sério: compra uns óleos, dá-lhe uma bela massagem nas costas, pega um filme legal, divertidinho, sem muita reflexão, tragédias nem amores eternos.
-Boa! Mas e a chave de buceta? É bom deixar pra depois, né?
-A chave completa, sim, mas umas beliscadas no pau não fazem mal a ninguém...
-É, Icaro adorava.
-Todos adoram, baby...
-Pode crer.
-Uma calcinha de renda também não vai deixá-lo aborrecido...
-Não vai!
-Nada de chicote por enquanto, ok?
-Caraca, acabei de pensar nisso...
-Nem algema!
-Mas posso pedir pra ele me imobilizar né?
-É melhor ir garantindo uma foda low profile nesse começo, porque homem, por mais libertário que seja, no fundo tem aquele machismozinho básico, fica logo com a idéia de que você é a putinha do pedaço. Devagar e sempre. Faz o que tô te dizendo: massagem nas costas, filminho standart, beliscadelas no pau e, se a animação for evidente, língua na orelha. Pronto.
-Mas e a foto?
-A foto é o bônus track.
-Dou antes ou depois?
-Manda por email no dia seguinte.
-Será?
-Você tá pedindo minha opinião, não tá?
-É, vou pensar em tudo que você me disse.
-Isso, pensa, mas, ó, perto do Fórum tem um sex shop bacana.
-Jura? Onde?
-Ali na Rua da Assembléia.
-Onde na Asssembléia?
-Numa galeria, já quase chegando no Largo da Carioca.
-Caraca, trabalho há 10 anos ali e nunca ouvi falar desse sex shop...
-Então, que tal eu ir te visitar, a gente almoça juntas e depois dá uma passada lá?
-Combinado!

Almoçaram e, pra fazer a digestão, foram às compras. Acabaram gastando mais do que deviam, já que os sex shops são os salões de beleza do baixo ventre, a cereja do sundae das bem-comidas, a ante-sala do ponto G, a hora do recreio dos adultos.

E assim, munida de óleos aromáticos, calcinha criativa e muito amor no coração, deu ao recém-separado motivos suficientes pra nem sequer pensar no passado.

Claro que aproveitou a viagem e comprou uma algema pra dali a alguns meses.

Acabou também mandando a fotinha por email no dia seguinte.

Afinal, como boa advogada que é, sabe que a justiça com as próprias mãos tarda, mas não falha.

10 comentários:

O Evangelho disse...

Vou contratar você pra dar uns conselhos pra uma amiga hehe

feed assinado. Parabéns pelos textos.

Haroldo Mourão disse...

Muito bom. A hora do recreio é a melhor hora que tem.

Fernando disse...

Exatamente na quinta que engata. Fato.

Fábio Ricardo disse...

Algemas é quase uma necessidade ;)

Leandro Ravaglia disse...

Tem mesmo isso de na quinta é que engata? Costumo ter umas primeira ótimas.

OBS: Sex shop na Rua da Assembléia, é? Visitarei. rsrs

gigi disse...

é por isso que te bendigo e glorifico, deusa!

Juju disse...

"...massagem nas costas, filminho standart, beliscadelas no pau e, se a animação for evidente, língua na orelha. Pronto."
Eu sempre prefiro ir mais além..não me aguento...é mais forte do que eu, posso lhe garantir he he

Juju disse...

amooor, q sex shop é esse?!!?! tem um aqui no downtown mas é bem fraquinho....

Haroldo Mourão disse...

E-mail? Tem?

A advogada disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.