quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Ticket to ride


Só tem norte

Quem vem do centro

No vento da sorte

Na asa do pensamento

Só tem porte

Quem está atento

Ao valor do corte

E à palavra de alento

Que vida

Para além de dote

É meio de transporte

Ciranda sem mote

E passagem

(Sem volta)

Pra tudo que temos por dentro

2 comentários:

Rafael Rodrigues disse...

achei.

bj.

Alvarêz Dewïzqe disse...

uma boa poesia,
e uma música e tanto.
põe no violão!
muito bom.