segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Ecologia às avessas

-Fui deixar um scrap pra você e num te achei...
-Saí do orkut, amiga.
-Quê isso, gata?
-Do facebook também.
-Jura? Logo você, a mais conectada. Aliás, pensando bem, nunca mais te vi no msn, achei até que você tinha me bloqueado...
-Hahahahahahaha! É que tenho entrado pouco mesmo.
-Menina, tô bege!
-Além do mais, bloquear alguém é caído, vai...
-Olha, eu já pensei assim, mas hoje em dia acho que existem situações e situações. Se a comunicação online não tá legal, pra quê insistir?
-Entendi, mas fica fria que não te bloqueei nada, viu? É que, sei lá, eu tava ficando meio improdutiva, meio noiada e o que é pior, meio gordinha.
-Você não tá gorda nada...
-Não tô, fato, mas também não paro mais o trânsito, como nos meus tempos de bailarina...
-Ah, amiga, naquela época você era virgem, tem saudade disso também?
-Nãããããooooooo!
-Ah, bem!
-Mas, voltando aos internetismos, nem tudo está perdido, continuo postando no fotolog.
-Aliás, vi a foto do por-do-sol, lindíssima por sinal. Amiga, você só se supera...
-Tirei na quarta.
-Foi à praia no meio da semana, é?
-Pois é, menina, comprei uma bike e agora, sempre que dá uma brecha, dou um pulo em Ipanema. Ontem, com aquele calor, dei até uma nadadinha, acredita?
-Agora eu fiquei pretérita!
-Perdi dois quilos já.
-Arrasou no recreio!
-Num é?
-Mas você vai de capacete, né?
-Igual a Lu Patinadora: Lá - Lé - Li - Ló - Lu Patinadora! Lembra disso?
-Hahahahahahaha! Claro que lembro! Mas, olha, não fica falando essas coisas por aí não, que esse tipo de piadinha denuncia a idade, bela.
-Tudo certo com minha idade, baby, foda mesmo vai ser quando a bunda começar a cair.
-Vaca!
-Já fui muito rabuda, sabe assim? E as vantagens de um rabão são incríveis...
-Você não existe!
-Mas uma hora a gente precisa se desapegar desses valores, né? A gravidade e a morte são as únicas certezas da vida.
-Hahahahahahaha!
-Mas num é?
-Aqui, me diga: como é que vai ser ficar sem ver o que as pessoas postam, sem saber o que tá acontecendo? Você vai ficar desatualizada, baby!
-Vou dar de démodé, então, tá bom pra você?
-Daqui a pouco tá sem celular...
-Deixa de ser dramática, nega!
-Vai meditar e parar de comer carne também?
-Meditar é maravilhoso, você devia experimentar, ao invés de falar sem saber...
-Tá, mas e hoje, qual vai ser?
-Tenho uma conferência no skype até umas onze, depois tô liberada. Te mando uma mensagem assim que acabar, pode ser?

É claro que podia ser.

Porque coisas de verdade são à prova de tecnologia.

E, numa espécie de ecologia às avessas, não-biodegradáveis.

5 comentários:

M. disse...

porque ter sete tecnologias diferentes pra ser chutada é muderno demais ni mim.

M. disse...

http://www.youtube.com/watch?v=3Y3c1shbM1M&feature=related

Juju disse...

"Se a comunicação online não tá legal, pra quê insistir?"

tempos mudernos...

Agora, outro dia eu estava me perguntando nessa nossa vida de robô! Ando total cibernética. O que eu posso tá perdendo com isso? O que eu posso tá ganhando com isso?

Eduardo Lara Resende disse...

Maravilha de texto!

o que é semiótica? disse...

adorei poli, sensacional! temos que nos adequar aos tempos modernos mesmo, mas sem esquecer que não há nada melhor, em certas ocasioes, do que o bafo com bafo..rs ..digo isso, pq até olho no olho via chats já existe...entao, bafo quente é o diferencial ainda...
uma baforada virtual em tu gata!
adoro seu blog, sensível, graças a deus tem gente q sabe fazer bom uso da tecnologia.